Durante o outono e o inverno, o treino no frio acaba sendo um dos maiores desafios para quem pratica atividades físicas. Nesses momentos, é preciso vencer a sensação de desânimo trazida pelas baixas temperaturas, superar os desafios e, assim, não perder o ritmo.

Pensando em te ajudar nessa tarefa de esquentar os treinos, selecionamos 6 dicas para você deixar a preguiça de lado. Continue a leitura e mãos à obra!

1. Proteja o corpo com atividades

São nesses meses mais gelados que vem um resfriado atrás do outro, não é? Para que isso não te derrube, é interessante manter o mesmo ritmo de seus treinos e se exercitar com a mesma frequência tanto em épocas frias como nas mais quentes.

Isso porque é nas atividades físicas que nosso sistema imunológico se fortalece e potencializa as defesas do nosso organismo e, assim, consegue afastar o resfriado, uma das doenças mais comuns no inverno.

2. Treine em grupo

Treinar sozinho acaba desanimando, ainda mais no frio!

Para resolver esse problema, nada melhor do que chamar seu amigo que também sofre nessa época para treinar com você. Outra opção para alcançar o mesmo resultado é participar de aulas em grupo no lugar onde você treina.

Quanto maior for o número de parceiros que se exercitarem com você, mais os treinos ficarão divertidos e dinâmicos. A ideia é um estimular o outro e, assim, todos manterem uma boa sequência das atividades físicas.

3. Mantenha suas conquistas do verão

Sabe o treino pesado que você fez durante todo o verão e resultou em melhoras físicas? Você pode estragá-lo nos 15 primeiros dias que faltar ao treino por causa do frio.

Então, mantenha a rotina saudável dos exercícios para não ficar perdendo e ganhando massa muscular constantemente. 

4. Troque o horário do treino

Fique de olho e veja qual é o horário mais frio do dia — normalmente, logo cedo ou no fim da tarde. Com isso, tente mudar um pouco sua rotina no frio e, se possível, treine no horário mais quente do dia.

Ou que tal aproveitar a saída do trabalho para treinar? Assim, você emenda os exercícios e não desanima.

5. Escolha os exercícios que você mais gosta

Ninguém merece treinar forçado! Além de tornar a atividade chata, isso ainda faz com que o praticante não aproveite o momento ao máximo. Por isso, especialmente durante o treino no frio, selecione os exercícios que você mais gosta e dedique-se a eles!

Dessa forma você se sentirá motivado e animado para seguir em frente. Se você não curte fazer musculação, por exemplo, converse com seus personal ou orientador da academia e peça para mesclar exercícios funcionais nos treinos.

Mudar a rotina dos exercícios também é uma maneira de incentivar-se a completar seu treino no frio.

6. Prepare-se para o treino

Na hora de treinar no frio, não basta só ter ânimo, é preciso tomar alguns cuidados. Por isso, siga estas importantes recomendações:

  • nessa época mais seca, nunca deixa de beber água;

  • escolha bem as roupas para se proteger do frio, mas evite modelos pesados e que dificultam os movimentos;

  • faça sempre aquecimento, pois o frio deixa a musculatura mais contraída e o descuido pode causar uma lesão;

  • como temos mais fome no frio, opte por alimentos mais nutritivos e menos gordurosos.

O treino no frio pode parecer menos importante do que ficar aquecido em casa, mas isso é um pensamento bem ultrapassado! Exercícios físicos nessa época do ano promovem benefícios à saúde e são essenciais para manter a performance.

Pronto para começar? Então, conheça agora mesmo o que nossos parceiros do MOOV podem fazer por você, independentemente da estação do ano!

Share: