Os verdadeiros apaixonados por esporte não têm descanso: não importa se é final de semana, feriado ou período de férias, sempre é uma boa hora para se exercitar, testar seus limites e aproveitar a onda de adrenalina e bem-estar que só as atividades físicas proporcionam.

Por isso, nada melhor que unir duas paixões: viajar e praticar esportes. Sim, isso é possível! Basta escolher o destino ideal de acordo com as suas preferências e se preparar para uma experiência inesquecível!

Confira alguns destinos perfeitos para os amantes dos esportes:

1. Alasca

Paisagens belíssimas são o cenário perfeito para trilhas no Parque Nacional Denali, no Alasca. As baixas temperaturas e longas distâncias exigem um certo preparo físico do praticante, mas existe a chance de observar de perto a vida selvagem, incluindo alces e renas.

Porém, é importante se programar com antecedência e se informar sobre as trilhas que estão disponíveis a cada estação do ano — quando as geleiras derretem, por exemplo, alguns trechos se tornam intransponíveis.

Também é bom estar sempre alerta: os turistas são avisados da possibilidade de encontros com ursos!

2. Boituva

Para quem busca emoções mais radicais, uma boa opção são os saltos de paraquedas oferecidos em Boituva, no interior de São Paulo. Não faltam opções de cursos na cidade, que é conhecida pelo esporte, considerado bastante seguro quando praticado de acordo com as orientações dos instrutores mais experientes.

A sensação de queda livre dura menos de um minuto, mas é inesquecível. A mais de 3 mil metros de altura, e caindo a quase 200 quilômetros por hora, a aventura pode ser registrada em vídeos e fotos — uma ótima lembrança de uma viagem radical! A cidade ainda oferece voos de balão, rafting e jogos de paintball.

3. Bolívia

A Bolívia se destaca no campo do cicloturismo, especialmente no trecho que liga a cidade de La Paz à região dos Yungas, imperdível para praticantes de ciclismo. Conhecida como Rota ou Estrada da Morte, o trajeto oferece uma vista de perder o fôlego, especialmente se considerarmos que a bike pode chegar a impressionantes 50 quilômetros por hora!

São mais de 35 quilômetros de descida, a maior parte asfaltada, em uma estrada de apenas 3 metros de largura à beira de um penhasco. Quem encarar o desafio precisa de uma boa empresa de turismo para dar suporte durante o percurso.

4. Brotas

A cidade de Brotas, no interior de São Paulo, já é um destino famoso para quem gosta de viajar e praticar esportes. Rafting, boia cross, arvorismo, tirolesa, trilhas em meio a belíssimas cachoeiras e passeios de quadriciclo ou a cavalo são algumas das opções oferecidas pela capital do turismo de aventura.

E se engana quem pensa que as atividades não são para toda a família — existem modalidades de mini-rafting, por exemplo, disponíveis para crianças a partir de três anos!

Para quem quer levar a emoção ao extremo, nada melhor que o rafting noturno: a lua cheia guia os botes por corredeiras que podem chegar a 3 metros de altura.

5. Chile

O Chile oferece dias ensolarados e neve seca, perfeita para a prática de esqui e snowboard, tanto para iniciantes quanto para esportistas experientes.

As estações e escolas de esqui funcionam principalmente entre junho e setembro, mas várias atrações desse paraíso gelado estão disponíveis o ano inteiro.

Para quem pretende fazer muito mais do que simplesmente construir bonecos de neve, as melhores opções são o trekking (até a geleira de um vulcão!), o tour em moto de neve, as caminhadas em raquetes de neve no Bosque Nevado e o tubbing, um tobogã de neve de quase 250 metros.

6. Fernando de Noronha

Um dos mais bonitos destinos nacionais para os praticantes de mergulho, as águas do arquipélago de Fernando de Noronha oferecem visibilidade até 50 metros de profundidade.

Mergulhadores iniciantes ou experientes podem aproveitar os 16 pontos para a prática da atividade, de onde é possível observar tartarugas, moreias, arraias e inúmeras espécies de peixes.

Para os mais cautelosos, é possível apreciar a beleza das praias ou praticar flutuação, e se o turista tiver sorte, pode avistar golfinhos em seu caminho. O lugar conta ainda com alguns pontos para prática de surf, com ondas de até 4 metros.

7. Havaí

O que esperar de um local paradisíaco, com praias, montanhas e florestas? Muito surf, trilhas para todos os gostos e possibilidade de praticar inúmeras atividades esportivas durante sua viagem, é claro!

O Havaí é o destino perfeito para quem gosta de viajar e praticar esportes, especialmente ao ar livre: mergulho, bodyboard, bodysurf, stand-up paddle, canoagem, windsurf, paraquedismo, remo e até pesca são algumas das opções disponíveis para os turistas o ano inteiro.

Mas as águas cristalinas, o clima agradável e a natureza abundante tornam o Havaí o paraíso para quem gosta de pegar ondas, consideradas as mais disputadas do mundo.

Porém, é preciso ter um pouco de experiência na prancha e atenção redobrada, já que a correnteza costuma ser bastante forte, e as pedras e corais podem machucar os mais desavisados.

8. Jericoacoara

Apaixonados por viajar e praticar esportes precisam conhecer Jericoacoara, considerada o paraíso do kitesurf. Ventos constantes entre 15 e 25 nós e as águas limpas fazem a alegria dos turistas experientes ou iniciantes no esporte.

Mas não é só isso que essa cidade repleta de belezas naturais oferece: existem pontos perfeitos para quem pratica surf, stand-up paddle e windsurf.

Quem estiver de passagem por lá também precisa conferir uma atração mais emocionante que o tradicional skibunda: o sandboard — surfar nas areias claras é uma experiência inesquecível!

As dunas podem chegar a 3 metros de altura, por isso é importante contar com a ajuda de um quadriciclo para fazer a subida, já que é praticamente impossível descer uma vez só.

9. Rio de Janeiro

As praias da Cidade Maravilhosa são palco de inúmeras atividades esportivas o ano todo: corrida, ciclismo, vôlei, futebol de areia, futevôlei, frescobol, slackline e muitos outros. No mar, também não faltam esportes para os apaixonados por se exercitar na água, da tradicional canoagem ao surf, mergulho, kitesurf e bodyboard.

Mas quem prefere emoções mais fortes pode se aventurar em trilhas, descendo de rapel no Morro da Urca, escalando o Morro do Cantagalo, praticando tirolesa e arvorismo pela mata atlântica ou descendo de asa-delta e parapente da rampa da Pedra Bonita — já pensou em ter, entre suas lembranças da viagem, a vista da cidade e do mar de mais de 500 metros de altura?

Unir duas paixões, viajar e praticar esportes, é uma maneira saudável e positiva de conhecer lugares novos, fazer amizades e cuidar do corpo e da mente. E existem destinos nacionais e internacionais para todos os gostos e tipos de esportes!

Que tal compartilhar nosso post nas redes sociais e marcar os amigos que vão te acompanhar na próxima viagem esportiva? Até o próximo artigo!

Share: