Quem já sentiu cãibra muscular ao menos uma vez na vida sabe que ela é uma dor que realmente incomoda. As cãibras musculares ocorrem principalmente quando o músculo se contrai e, sem conseguir relaxar, causa fortes dores. É mais frequente em atletas, idosos, grávidas e portadores de alguns tipos de doenças musculares.

Em geral, as principais causas das cãibras surgem da sobrecarga em determinado músculo e lesões musculares em decorrência de atividades físicas de longa duração, da desidratação excessiva e de baixos níveis de potássio e magnésio no organismo. Mas o que fazer para evitar o problema?

Neste artigo, apresentaremos o cloreto de magnésio, um suplemento mineral que é um grande aliado no combate à cãibra e que pode trazer outros inúmeros benefícios para o corpo humano. Confira!

Cloreto de Magnésio: o que é e para que serve?

O cloreto de magnésio é um composto mineral à base de magnésio e cloro que desempenha papel fundamental para o bom funcionamento do organismo. Uma dessas funções é garantir o tônus às células musculares e, consequentemente, melhor desempenho em atividades físicas.

O magnésio age principalmente permitindo que as células, nervos, músculos e ossos tenham desempenho satisfatório. Além disso, o seu consumo regular previne o infarto do miocárdio, regula a pressão arterial, auxilia no controle da enxaqueca e ajuda na prevenção de uma série de outros problemas de saúde.

Em geral, uma boa alimentação fornece grande parte da quantidade recomendada por profissionais da saúde. Mas quando não existe esse equilíbrio a suplementação deste composto mineral se torna importante, especificamente no caso das cãibras, para que os músculos realizem a contração e o relaxamento, evitando o problema.

Como consumir?

Atualmente, os suplementos à base de magnésio têm sido bastante utilizados para compensar a falta de absorção do magnésio causada, dentre outros fatores, por uma alimentação desequilibrada e rica em produtos industrializados.

Os principais suplementos comercializados são encontrados na forma de comprimidos, cápsulas e em sal cristalizado. O consumo deve ser feito sempre com auxílio de água.

Quais são os efeitos colaterais?

Apesar de apresentar inúmeros benefícios, o cloreto de magnésio pode causar alguns efeitos colaterais como dores de cabeça, náuseas, diarreias e até problemas mais graves como reflexos lentos em decorrência da diminuição do batimento cardíaco.

Em algumas situações, o consumo do suplemento pode ocasionar ainda, alguns sintomas muito sérios. Por exemplo, indivíduos que fazem uso de medicamentos como antibióticos ou repositores hormonais, dentre uma série de outros, devem ter atenção especial devido a possíveis reações entre os compostos.

Além disso, a ingestão de doses muito elevadas (acima de 350 miligramas por dia) pode levar à paralisia respiratória, indução ao coma e até mesmo a morte.

De uma forma geral, o cloreto de magnésio é uma ótima opção para a prevenção das cãibras. Entretanto, para aproveitar todos os benefícios que este suplemento pode proporcionar ao organismo é fundamental que haja cautela na sua ingestão.

É importante lembrar que, apesar do fácil acesso à compra do produto, não se recomenda a automedicação. É preciso que você converse com seu médico para verificar se há ou não a necessidade de suplementação. Só ele poderá indicar a dose certa com segurança!

Na sua próxima consulta, pergunte sobre o cloreto de magnésio! Se você tem dúvidas de onde comprar, visite o site da Mundo Verde e encontre uma loja perto de você!

Share: